É a escola a única instância educadora na sociedade contemporânea? É legítimo impor a toda a sociedade um único modelo educacional? Em pleno século XXI, é impossível pensar alternativas sérias ao modelo escolar? O que estão fazendo aqueles que tiveram a coragem de educar seus filhos fora da escola? Como pensar e implementar um processo sustentável de educação fora da escola?

Estas e muitas outras perguntas tem neste blog um espaço para construir respostas. Educar os filhos na sociedade do conhecimento é um desafio que supera de longe o modelo escolar...é urgente dedicar-nos coletivamente a consolidar essas alternativas.

Follow by Email

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Como funciona o Homeschooling- o caso americano

Katerine Neer é Bacharel em Estudos Afro-americanos e Psicologia pela Universidade da Carolina do Norte, em Chapel Hill, e mestre em Biblioteconomia pela North Carolina Central University. Escreveu o livro abaixo sobre Homeschooling. Veja tudo sobre a situação da desescolarização e algumas de suas modalidades nos Estados Unidos de América:


De acordo com o Centro Nacional de Estatísticas na Aprendizagem (NCES), aproximadamente 1,1 milhão de estudantes tiveram aprendizado escolar em casa nos Estados Unidos na primavera de 2003. Muitas agências e organizações de aprendizado escolar domiciliar sugerem que o número real pode chegar ao dobro desse valor. Todos, com exceção de nove estados americanos, exigem que os alunos da escola domiciliar notifiquem o Estado se optarem pelo aprendizado escolar em casa.


Foto cedida NOAA
Grupo de aprendizado escolar domiciliar da região de Lake Charles, visitando o escritório do Serviço Meteorológico Nacional em Louisiana

Comparando com 0,5% da população em idade escolar em 2002-2003, 1,1 milhão de alunos estudando em casa pode não parecer muito expressivo, mas veja o que acontece: há 20 anos apenas, o aprendizado escolar domiciliar era ilegal nos Estados Unidos. Em meados da década de 90, graças a algumas famílias muito ativas com relação ao aprendizado escolar domiciliar e a alterações na legislação, o novo movimento de aprendizado domiciliar estava a todo vapor e vem ganhando impulso desde então.

Aprendizado escolar domiciliar na Carolina do Norte
Ano
Alunos do aprendizado escolar domiciliar em todo o Estado
1985-1986
809
1990-1991
4.127
1995-1996
13.801
2000-2001
33.860
2003-2004
54.501
Fonte: www.ncdnpe.org (em inglês)
A Carolina do Norte exige que os pais dos alunos da escola domiciliar mandem uma "notificação de intenção" à Divisão de Educação Privada da Carolina do Norte.

Mas, por que o aprendizado escolar domiciliar está ganhando popularidade? Por que os pais preferem que seus filhos tenham o aprendizado escolar domiciliar? Na Pesquisa Nacional sobre Educação Familiar (NHES) de 2003, realizada pela NCES, os pais foram questionados sobre os motivos particulares para a sua decisão de adotar o aprendizado escolar domiciliar. Sobre os prováveis motivos, foi solicitado aos pais que indicassem qual seria o mais importante:

  • 31% praticam o aprendizado escolar domiciliar porque se preocupam com o ambiente de outras escolas.
  • 30% o fazem para fornecer instruções religiosas ou morais.
  • 16% escolhem o aprendizado escolar domiciliar devido à insatisfação com a instrução acadêmica disponível em outras escolas.

Neste artigo, vamos ver o que significa o aprendizado escolar domiciliar e os vários métodos praticados e vamos discutir o que mais você precisa saber se estiver pensando em utilizar o aprendizado escolar domiciliar com seus filhos.



http://pessoas.hsw.uol.com.br/homeschooling.htm


Nenhum comentário:

Postar um comentário