É a escola a única instância educadora na sociedade contemporânea? É legítimo impor a toda a sociedade um único modelo educacional? Em pleno século XXI, é impossível pensar alternativas sérias ao modelo escolar? O que estão fazendo aqueles que tiveram a coragem de educar seus filhos fora da escola? Como pensar e implementar um processo sustentável de educação fora da escola?

Estas e muitas outras perguntas tem neste blog um espaço para construir respostas. Educar os filhos na sociedade do conhecimento é um desafio que supera de longe o modelo escolar...é urgente dedicar-nos coletivamente a consolidar essas alternativas.

Follow by Email

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Como funciona o Homeschooling- o caso americano VII

Estilos de aprendizagem

Alunos famosos do aprendizado escolar domiciliar
  • Ansel Adams
  • Irving Berlin
  • Pearl S. Buck
  • George Washington Carver
  • Agatha Christie
  • Leonardo da Vinci
  • Thomas Edison
  • Albert Einstein
  • Benjamin Franklin
  • Peter Jennings
  • C.S. Lewis
  • Abraham Lincoln
  • Margaret Mead
  • Albert Schweitzer
  • Mark Twain
  • George Washington
  • Andrew Wyeth
Agora que você já tem uma idéia geral das várias metodologias que pode adotar para a escola domiciliar, existe uma coisa que deve considerar antes de escolher um determinado método: o estilo de aprendizado da criança. Existem quatro modos básicos por meio dos quais uma pessoa pode aprender alguma coisa:
  • O aluno visual é aquele que precisa ver as coisas para realmente compreendê-las. Alunos visuais respondem bem a diagramas, imagens, gráficos, livros com gravuras e assim por diante. Eles também podem gostar de responder a novos conhecimentos criando uma representação visual sobre eles.

  • O aluno auditivo é aquele que aprende ouvindo e falando. Um excelente exemplo de metodologia empregada para alunos auditivos, devido ao seu elemento narrativo específico, é o método de Charlotte Mason.

  • O aluno tátil é aquele que aprende através do tato. Uma boa maneira de ocupar o aluno tátil é através de viagens pelo campo, experiências, projetos artesanais e assim por diante.

  • O aluno cinestésico precisa estar intimamente envolvido com aquilo que está aprendendo. Por exemplo, se um aluno cinestésico estiver lendo uma história sobre veleiros, ele quer ver um veleiro ao vivo para investigar e possivelmente sair velejando.

Você já deve ter um boa idéia de que tipo de aluno é o seu filho, mas se não tiver, tudo o que você precisa fazer é gastar um pouco de tempo e fazer uma observação detalhada. Você também pode querer saber que tipo de aluno você é porque isso pode influenciar seu estilo natural de ensino.


Foto cedida Morguefile
Algumas crianças aprendem melhor por meio da interação próxima com o tema da lição

A escola domiciliar será um processo de aprendizagem tanto para você quanto para seu filho. Você não precisa ficar vinculado a um único método e seguir com ele para sempre. Se você começar com o Método estruturado e este for muito rígido, tente os Estudos de unidade. Se não der certo com este, passe para o Método eclético. Além do mais, de acordo com vários sites e livros sobre escola domiciliar, muitos pais de escolas domiciliares avaliam a escola domiciliar anualmente: nunca é muito tarde ou muito cedo para a escola domiciliar e se isso não funcionar, você sempre pode rematricular seu filho em uma escola mais tradicional no ano seguinte.

Agora, vamos dar uma olhada no que há além do aprendizado escolar domiciliar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário