É a escola a única instância educadora na sociedade contemporânea? É legítimo impor a toda a sociedade um único modelo educacional? Em pleno século XXI, é impossível pensar alternativas sérias ao modelo escolar? O que estão fazendo aqueles que tiveram a coragem de educar seus filhos fora da escola? Como pensar e implementar um processo sustentável de educação fora da escola?

Estas e muitas outras perguntas tem neste blog um espaço para construir respostas. Educar os filhos na sociedade do conhecimento é um desafio que supera de longe o modelo escolar...é urgente dedicar-nos coletivamente a consolidar essas alternativas.

Follow by Email

domingo, 16 de outubro de 2011

A experiência Novas Raízes  a partir do olhar consistente da Clara (nossa Sushi).

Em 2010, participei de um projeto de escola alternativa chamado Novas Raízes. Foi una experiência incrível, apesar de ( como tudo na vida ) terem havido alguns momentos de estresse. 

Nesse projeto, usávamos como referência a Escola da Ponte em Portugal, mas não era exatamente igual. Aqui nos estudávamos a partir de conteúdos diversos, onde cada um recolhia o que queria estudar. Também tinham temas onde trabalhávamos em grupos o mesmo conteudo e depois visitávamos exposições. Tínhamos três dias na semana, segunda, quarta e sexta, que eram dias de Ilumina (a chácara onde se localizava nossa escola). Lá, nos fazíamos as atividades de botânica, artes, conteúdo escolar, horta, gastronomia.

Os outros dois dias eram no Centro Olímpico da UnB, onde praticávamos vários esportes, jogos e RPJ.

Fizemos uma saída de campo para Terra Ronca, onde estudamos as cavernas, fizemos oficinas de desenho, Pim roll (máquina fotográfica com latinha). Foi muito bom poder ver e conhecer três cavernas diferentes e um monte de cachoeiras.


Adorei participar desse projeto. Gostei muito do ano que passei fazendo parte da Novas Raízes. 


Foi muito bom, agora vejo e escola de um outro jeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário